Amhaj

Para que possais trilhar a senda luminosa é preciso responder ao Chamado. Isso significa vencerdes provas, nas quais terão confirmado o vosso elo com a verdade e com a luz. Todos os seres, um dia, penetram essa senda e alcançam a Morada Celestial. Porém, eons se passam até que o ciclo se consume. Não vos intimideis frente ao mal. Não desafieis o inimigo. Não retardeis vosso caminhar pelo clamor do passado. A poeira dos tempos será lavada do vosso ser; novas vestes trajareis, e grande será o júbilo da libertação. Porém, nessa senda pisareis sobre rosas e espinhos, e devereis aprender o mistério do Bem. É tempo de justiça. É tempo de graças. Magnífico poder, o Irmão Maior se aproxima. Silenciai vosso coração e acolhei o grande amor. Tendes a Nossa paz.

Hierarquia

sábado, 26 de novembro de 2011

Thaykuma,Wythaikon e Agnichaitans


THAYKUMA – Uma das denominações da Governanta Maior dos Espelhos do Cosmos – sistema de comunicações que representa elevado estado de consciência. Prolongamento do que no esoterismo se chama Mãe Universal, Mãe Divina ou Mãe Cósmica, um dos Aspectos divinos, é um dos principais intermediários do contato da consciência terrestre com o Governo Celeste Central. É a quinta Hierarquia de Miz Tli Tlan e ao mesmo tempo a regente de centro intraterreno Erks. Pode projetar-se no campo de percepção de seres humanos, em geral no dos vinculados à Hierarquia Espelhos, e, sob aparência individualizada, transmitir-lhes instruções.



WYTHAIKON – Hierarquia que, após viver na superfície da Terra em épocas remotas, se trasladou para os níveis intraterrenos junto com membros da civilização que governava. Hoje, além de atuar como Comandante de bases de operações em certas áreas do planeta, é dirigente de setores da Operação Resgate e contribui na formação interna de seres humanos. Dele emana a energia que guarda para a humanidade terrestres as chaves do conhecimento e da sabedoria.

Atua em polaridade com a Hierarquia Maia e em conexão direta com Samana. O impulso para o desenvolvimento dos meios de comunicação na face da Terra parte dessa Hierarquia. Embora tenham sido desvirtuadas pelo homem e sejam usados com propósitos egoístas, derivam-se de uma concepção arquetípica muito elevada, são originados nos Espelhos do Cosmos. Há casos em que o contato do homem com a Hierarquia interna da Terra ou com extraterrestres se estabelece por intermédio de aparelhos comuns e conhecidos, o que pode ser relevante para o serviço ao planeta, sobretudo nas fases agudas do seu processo de purificação.


AGNICHAITANS – Entidades elevadas, pertencentes a reinos paralelos ao humano. Organizam-se de maneira hierárquica. Operam diretamente com o fogo da matéria, em contato com o núcleo das partículas que formarão os corpos materiais. Têm estreita ligação com o cetro intraterreno Iberah no trabalho de reunir e dinamizar a vibração dos elementos que comporão os níveis de existência concretos.

No passado,, os Agnichaitans foram contatados pelo homem no oriente, quando então receberam o nome de Filhos do Fogo. Vivem sob leis regentes dos reinos dévico e elemental e, portanto, não seguem os caminhos trilhados pela humanidade. Para a interação consciente do ser humano com essas entidades dá-se em bases evolutivas, é preciso que surja de modo espontâneo e seja determinada pelos níveis profundos da Vida Única.

Se o ser humano busca relacionar-se com elas por eleição própria, pode envolver-se com as ilusões dos mundos intermediários, e perder a clareza sobre a meta espiritual que lhe cabe alcançar. Maiores informações podem ser encontradas nas obras de H.P.Blavatsky e no livro A Treatise on the cosmic fire, de Alice A Baley e o Livro Mirna Jad contém dados atualizados sobre o trabalho desses seres na presente etapa planetária.

Retirado do livro Glossário esotérico de Trigueirinho

p.459-460-502-09

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sites