Amhaj

Para que possais trilhar a senda luminosa é preciso responder ao Chamado. Isso significa vencerdes provas, nas quais terão confirmado o vosso elo com a verdade e com a luz. Todos os seres, um dia, penetram essa senda e alcançam a Morada Celestial. Porém, eons se passam até que o ciclo se consume. Não vos intimideis frente ao mal. Não desafieis o inimigo. Não retardeis vosso caminhar pelo clamor do passado. A poeira dos tempos será lavada do vosso ser; novas vestes trajareis, e grande será o júbilo da libertação. Porém, nessa senda pisareis sobre rosas e espinhos, e devereis aprender o mistério do Bem. É tempo de justiça. É tempo de graças. Magnífico poder, o Irmão Maior se aproxima. Silenciai vosso coração e acolhei o grande amor. Tendes a Nossa paz.

Hierarquia

sábado, 26 de novembro de 2011

Perguntas a Trigueirinho I

Qual a diferença entre cura física e cura interior?

Trigueirinho: Cura física é a implantação da harmonia nas células. Harmonizadas por meio de procedimentos terapêuticos , medicamento, trabalho reflexivo ou filosófico, e também pela oração, as células vão-se transformando e se aproximam do modelo que lhes deu origem, modelo que está registrado num plano elevado da consciência do ser. Em geral a matéria física do ser humano não corresponde a esse padrão estabelecido nos níveis profundos da consciência; o processo de cura, então, é a busca dessa perfeição. Cabe-nos tratar da nossa matéria física não por motivos egoístas ou somente práticos, mas para que ela corresponda áquilo para o qual foi criada. Ao se aproximar desse padrão superior, ela pode acolher as vibrações do espírito e se transfigurar.

Antes que nossos corpos possam passar por essa transformação celular, temos de nos entregar á cura interior. Cura interior não é cura física e independe do estado da matéria física. Ocorre quando a consciência começa a perceber os mundos internos, quando começa a penetrar os níveis superiores da existência, quando começa a elevar. Pela cura interior a consciência vai-se acercando da sua pureza original.

A cura física só tem inicio quando esse processo sutil e cura interior está em andamento. Só quando a consciência se eleva é que as células físicas começam a encontrar sua harmonia, a cumprir as metas que lhes foram atribuídas desde a sua criação. Por isso, um processo de cura sempre inclui a elevação da consciência, e se vale de todos os meios disponíveis.

Texto extraído:

Boletim de Sinais - pg. 3 (Sinais de Figueira)
Nº 7 - Julho a Setembro de 2000


Qual é o trabalho a ser feito no Núcleo Sohin em Figueira?

Trigueirinho: Um dos trabalhos básicos ali é o de coligar as mais diversas terapêuticas com o relacionamento interno com a Hierarquia espiritual. Outro trabalho é o de estimular a formação de curadores.

Além disso, pode-se fortalecer a confiança, a fé e o pensamento positivo como base para a cura. Pode-se desenvolver também o sentido do belo por meio dos tratamentos pelas cores, pelo som e pelo contato com a natureza. O Núcleo Sohin nos dá condições de aprofundar a percepção e a manifestação da harmonia.

Que significa Sohin?Trigueirinho: Trata-se do nome de uma elevada Hierarquia espiritual, que atua em âmbito intergaláctico e comanda o que chamamos de Nave Alfa, base móvel de operações.

Essa nave trabalha na transformação dos níveis de consciência da Terra e tem capacidade de usar processos de cura existentes não só neste universo. O trabalho da Nave Alfa não se restringe, tampouco, á cura dos seres humanos. Ela estende sua energia harmonizadora aos vários reinos da natureza.

Que se entende por formação de curadores?Trigueirinho: Normalmente, a medicina tenta reprimir a doença, afastar sintomas. Assim, acaba por manter vivo o foco da enfermidade. Não raro, ao tratar de uma, piora ou provoca o surgimento de outra.

O verdadeiro processo de cura conduz o paciente a fazer coligação com níveis superiores de consciência. À medida que nele vai deixando de haver conflitos com as leis internas espirituais, suas doenças terminam ou passam a ter outro significado.

Para contribuir nesse processo, é necessário conhecimento interno e direto do verdadeiro estado do paciente. Na formação de curadores proporciona-se um ambiente em que esse conhecimento intuitivo possa emergir.


Pode-se hospedar no Núcleo Sohin?

Trigueirinho: Sim. Os hóspedes e freqüentadores deverão colaborar em todos os setores das atividades que ali se realizam, como parte do seu processo de cura. Seus ritmos de vida serão estabelecidos conforme suas necessidades, e a única exigência é que queiram integrar-se na vida grupal e tenham a intenção de desenvolver o sentido de fraternidade.

Como se pode contribuir para a expressão desse trabalho a ser especialmente desenvolvido no Núcleo Sohin?

Trigueirinho: Procurando, onde quer que estejamos, fortalecer a confiança e a fé em nós e em todos os seres. Os seres humanos devem aprender a confiar nas energias superiores, e os animais a confiar nos seres humanos.

Essa é uma atitude de vida, e substitui muitos medicamentos. Sabe-se, por exemplo, que a falta de fé nos leva a recorrer a vitaminas,processadas em laboratórios. Seriamos grandes geradores de vitaminas em nosso corpo se fôssemos verdadeiramente confiantes.


Afinal, que somos nós, seres humanos?

Trigueirinho: O ser humano é uma união de espírito com a matéria , dois extremos da mesma realidade. Caracteriza-se pela consciência de que existe, de que está vivo. Suas experiências são uma espécie de batalha, até que deixa de se identificar com o mundo das formas e de se iludir com aparências.

Começa então a perceber outros lados da realidade, sente em si a presença da energia criadora, desperta para a responsabilidade de transcender padrões estabelecidos e assumir a própria evolução.

Além do aparato físico, emocional e mental, o ser humano tem uma alma e, mais profundamente, uma mônada – também chamada espírito. Depois de tomar consciência de sua mônada, descobre-se unido a outras seis mônadas, todas regidas por uma entidade maior, que é ele mesmo num plano ainda superior. Assim, á medida que expande a consciência, vai se reconhecendo cada vez mais vasto. E todo o seu modo de viver e compreender vai se transformando no decorrer desse trajeto; mudam suas atitudes e seus contatos. Conscientemente vai se deixando governar por esse seu universo interior.

Como perceberemos os sinais desse governo interno?Trigueirinho: O governo da alma pode ser logo percebido, porque se reflete na vida diária. Podemos até notar com que diligência procura conduzir-nos. O governo da alma alinha-se com o nosso verdadeiro destino, que ela conhece. A alma organiza os fatos da vida para que cumpramos esse destino a curto, médio ou longo prazo. Ao exercer sobre nós o seu governo, considera a nossa evolução individual e a do grupo de almas a que pertencemos.


Quanto ao governo da mônada, nós o percebemos depois que a energia da alma flui sobre o nosso corpo mental, o emocional e o físico. O governo da mônada alinha-se com os propósitos mais universais, e não apenas com o destino individual ou grupal. A mônada considera a evolução em sua globalidade e, portanto, quem está sob o seu governo tem uma vida bem diferente da de quem se rege pela alma.

Já o governo do Regente monádico só é percebido quando ele começa a reunir e absorver em si mesmo as sete mônadas. O regente, que temos em nosso interior mais profundo, leva em consideração propósitos cósmicos e não apenas os individuais, grupais ou universais.
Todo tipo de governo baseia-se fundamentalmente no aspecto da energia divina que chamamos de Vontade-Poder.

A alma, a mônada ou o Regente captam essa energia de fontes cósmicas em diferentes graus. Quanto mais elevado o governo, mais trabalha em níveis internos, mais se encontra além da nossa mente pensante.

À medida que procuramos transcender o livre-arbítrio pessoal e seguir uma vontade maior, esse nosso governo interno vai nos conduzindo a expansões de consciência. Isso significa maior controle sobre os apetites e instintos e também nosso reconhecimento de sermos parte de um grupo interno de almas de um Todo.

Como conseqüência, tornamo-nos cientes de que a evolução do universo segue linhas determinadas, de que uma Hierarquia espiritual governa o planeta e de que temos uma contribuição a dar para a harmonia geral.

Texto extraído:

Sinais de Figueira - pg. 5
Nº 12 - setembro a dezembro de 2006.


Leitor: Há algum lugar na Terra por onde começará a renovação? Que é Figueira?

Trigueirinho: Uma das grandes descobertas que começam a ser feitas por muitos é a de que toda existência do ser, com seus acontecimentos, conjunturas e oportunidades, é gerada a partir do seu mundo interior. Assim, nada mais simples do que compreender que a renovação planetária se dá onde quer que estejamos, sendo ela essencialmente questão de consciência, de atitude. E é evidente que o mundo externo receberá em conseqüência os impulsos transformadores que daí emergem.


Difunde-se hoje na face da Terra uma extensa rede de luz formada pelos que vão despertando para as realidades da vida imaterial. Esses seres se encontram nos mais diversos países, espalhados por todos os lugares. Não necessariamente fazem parte de grupos organizados neste mundo material ou de instituições religiosas. São a base com a qual as Hierarquias espirituais contam para desenvolver seu trabalho renovador.

Figueira é parte dessa rede de luz. É um lugar onde se reúne um grupo de pessoas internamente convocadas para expressar novos padrões de conduta, inspirados pela chama do seu eu superior. Em Figueira há espaço para formas de relacionamento impessoais e fraternas, para o contato com o mundo interior e para trabalhos, estudos e pesquisadas voltados para a harmonia do ser humano consigo próprio, com os reinos da Natureza e com a vida universal.

Busca-se reconhecer os passos a serem dados no cumprimento de um
plano que, traçado em linhas gerais em esferas sutis, vai sendo adaptado ás continuas transformações desta época de transição, Figueira se abre para acolher os que aspiram a compartilhar dos seus propósitos. Hospeda visitantes e colaboradores que, vindos dos mais diferentes lugares, participam do seu dia-a-dia e de suas tarefas.

Texto extraído:

Boletim de Sinais - pg. 3 (Sinais de Figueira)
Nº 8 - Outubro a Dezembro de 2000


Como pode ser vista a situação do mundo atual?

Trigueirinho: Por um lado vê-se a progressão do caos. Por outro, o aceleramento do ritmo da evolução espiritual em parte da humanidade. O contato com as energias superiores, energias da alma, a formação de redes de curadores e os ajustes magnéticos para grandes operações de salvamento são mais do nunca imprescindíveis.

O principal empenho deve ser o de penetrar os níveis de consciência internos, de onde virão soluções para tudo o que possa surgir durante o processo purificador pelo qual estamos todos passando.

Que ajustes podemos esperar?Trigueirinho: Grupos de almas, a partir de níveis subjetivos, inspiram-nos em diferentes planos de consciência. Com a ajuda dessas almas experientes, chegaremos a reconhecer mananciais de cura em nosso interior - que chamamos de Templos Internos. Muitos seres já se acham nesses templos; recebem ali instruções e vivem intensos processos de cura.

Enquanto alguns têm plena consciência desse fato, outros apenas o intuem. Mesmo os que externamente não sabem bem o que se passa sentem-se progredir e liberam-se de muitas cargas ancestrais.

O que ocorre durante esses processos?Trigueirinho: Em nosso ser profundo há Algo que pouco a pouco sutiliza a matéria, que a torna receptiva aos impulsos imateriais. Sem lutas, percebemo-nos elevados e curados, permeados por energias até então desconhecidas.

Quem é tocado por essas energias já não se deixa levar pela tristeza nem pela alegria no sentido humano, mas aprende a permanecer em silêncio. O ontem e o amanhã não mais o preocupam, e sua vida situa-se no eterno presente. Nesse estado, recolhe vibrações e as irradia para o mundo.

E como nos sentimos?Trigueirinho: Completamente seguros. Descobrimos que a nossa vocação é a entrega ao desconhecido e nos colocamos diante de uma perene fonte de inspirações.


Isso se dá no mundo interior, com a colaboração de anjos e de devas que nos ajudam a ser humildes, isto é, a permanecer silenciosos diante da obra misteriosa que pressentimos desenvolver-se em nós.

Todas as vezes que nos aquietamos, que buscamos coligação com o mundo interior e nos esquecemos de nós mesmos, vemos que as transformações não se restringem ao nosso ser, mas operam também no corpo planetário.

Para de fato sermos úteis, temos de buscar esses caminhos. Só do interior pode vir a luz verdadeira, benéfica a todos. Mas, antes que atinjamos certo grau de purificação, os contatos com essas energias são esporádicas e servem-nos apenas de impulsos.

É quando respondemos ao chamado interno - chamado discreto e tênue, embora hoje mais vivo que nunca - que a nossa matéria mental, emocional e etérica entra em novo ciclo, um ciclo ascensional.

Texto extraído:

Sinais de Figueira - pg. 3
Nº 5 - Maio a Agosto de 2004.


Como fazer se não agüentar a crise pela qual estiver passando?

Trigueirinho: Nossas crises são sob medida para nós. Não há as que não possamos superar. Porém , a mente costuma sobrecarregar as crises com comentários inúteis.

Aí elas ficam insuportáveis. As crises vêm para que nos desenvolvamos. Mas se a mente começa a inventar, a elucubrar, a colocar peso sobre a situação, tudo então fica difícil.

Para passarmos bem uma crise e madurecer é básico cultivar a atitude de aceitação. Aceitar o que se apresenta, sempre indagando que transformação está sendo requerida de nós.

Uma crise pode trazer benefícios e assinalar evolução. Se nos dedicarmos ao serviço e deixarmos de pensar nela, quando menos esperarmos estará superada. O serviço altruísta, por exemplo, atrai a energia da alma. Que é curativa e ajuda a transcender as crises.

Ao que posso atribuir os desconfortos e as dores físicas?

Trigueirinho: Muitos dos desconfortos e das dores físicas que temos resultam da falta de fluência da energia da alma nos corpos. É ela que cura. Podemos fazer diferentes tratamentos, seguir diferentes métodos, mas devemos saber disso.

Façamos tudo o que tivermos que fazer, mas não nos esqueçamos de deixar fluir essa energia. Isso significa não ter pensamentos contrários ao amor.


Como dissolver a violência incorporada em nossa mente e até mesmo em nossas células físicas, quando estamos rodeados por tanta violência no mundo?

Trigueirinho: Para nos curarmos da violência temos de contar com a Graça, energia superior que provém de núcleos internos do nosso ser e transcende o carma material. Essa cura, hoje, dispõe de muita ajuda nos níveis suprafísicos.

Nossa receptividade á transformação pode ser determinante nesse auxílio. E, com respeito á relação com o mundo, é importante o empenho em não aderir á violência. Isso significa ter maior cuidado com os pensamentos e sentimentos, procurar elevá-los. Impor nossa vontade sobre outrem, por exemplo, é uma forma de violência.


Que é estar a serviço?

Trigueirinho:Enquanto em nossas atividades fluírem apenas forças humanas, estaremos simplesmente trabalhando.
Estaremos servindo quando a energia da alma passar a fluir na nossa ação. O serviço é a vocação da alma.

Não somos nós os servidores, mas sim a alma que habita em nós. Por isso é tão importante que cada ato nosso seja ofertado a ela; assim, uma conexão vai-se estabelecendo e a sua energia transcendente pode começar a emergir.

Reflitamos sobre uma fase de São João da Cruz: “Pai, como estou agradecido por ter sido eleito para o Teu serviço!” Um ser a serviço agradece por isso, não importa o que esteja fazendo.

Não se sente agraciado por estar realizando algum serviço agradável, importante ou que lhe seja adequado, mas simplesmente por estar a serviço.
Quando aceitamos o serviço e nos dedicamos a ele por inteiro, no seu desenvolvimento está incluído o nosso processo de aperfeiçoamento, a nossa cura.


Qual é a melhor maneira de ajudar o mundo?

Trigueirinho: ao elevarmos nossas vibrações, conseqüentemente elevamos as do ambiente e das coisas em torno. Se nossa consciência se amplia e se passamos a agir em conformidade com isso, de nós emanam impulsos transformadores.

Por Trigueirinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sites