Amhaj

Para que possais trilhar a senda luminosa é preciso responder ao Chamado. Isso significa vencerdes provas, nas quais terão confirmado o vosso elo com a verdade e com a luz. Todos os seres, um dia, penetram essa senda e alcançam a Morada Celestial. Porém, eons se passam até que o ciclo se consume. Não vos intimideis frente ao mal. Não desafieis o inimigo. Não retardeis vosso caminhar pelo clamor do passado. A poeira dos tempos será lavada do vosso ser; novas vestes trajareis, e grande será o júbilo da libertação. Porém, nessa senda pisareis sobre rosas e espinhos, e devereis aprender o mistério do Bem. É tempo de justiça. É tempo de graças. Magnífico poder, o Irmão Maior se aproxima. Silenciai vosso coração e acolhei o grande amor. Tendes a Nossa paz.

Hierarquia

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Forças Involutivas

Movimentam-se em sentido contrário ao da corrente evolutiva. Enquanto a Hierarquia planetária visa aproximar a humanidade do estado de consciência supramental, as forças involutivas têm como objetivo afastá-la desse estado, estancar o seu progresso ou faze-la retroceder. Nesta época, são três as entradas principais por onde essas forças têm acesso a consciência dos que trilham o caminho espiritual:1*- desejo de evoluir e de servir tendo em vista algum benefício, mesmo que aparentemente inofensivo ou positivo, 2* - ilusão de saber o que melhor lhe convém; 3* - autocomiseração. Sutis, as forças involutivas têm no ego humano seu ponto de apoio e provocam situações que servem de prova sobretudo para os indivíduos cujo o nível de compreensão permite maior entrega ao Plano Evolutivo. Um dos mecanismos pelos quais atuam é a construção de formas pensamento desprovidas de valor – como as que surgem do medo, da culpa, do ressentimento ou mágoa, possessividade, da competitividade, do desejo de sensações – e o fortalecimento da tração que exercem sobre os homens.

O ser humano não responderia ao apelo das forças involutivas se não houvesse em si vibrações que lhes correspondessem. Os corpos da personalidade são constituídos de elementos do mundo material, onde elas estão ancoradas e de onde extraem alimento. Ao encontrarem nesses corpos pontos obscuros, tais forças utilizam-se deles para propagar o caos, a desunião, a ambição e o egoísmo, cerceando a expressão de uma realidade superior na face da terra. Todavia, um trabalho equilibrador vem sendo realizado por energias extraterrestres, pelo qual os conflitos vitalizados por forças retrógradas estão sendo dissolvidos especialmente na humanidade resgatável. A implantação do novo código genético facilita essa cura, dado que é isento de animalidade. Aos que despertarem para essas realidades cabe não fomentar embates, nem em si nem no ambiente. Para isso é preciso não se deixarem dominar pelo pensamento comum. A fé, a aspiração, a entrega aos níveis supramentais e a vida inteiramente voltada para a meta espiritual preservam o homem do assédio dessas forças, que hoje controlam setores inteiros da civilização, quadro bem característico do final de um ciclo. Á energias está entregue a tarefa de dissolver ou reconduzir forças conflituosas – não ao ser humano. Ao libertar-se das forças retrógradas que tentam manter a consciência ligada ao supérfluo, a mente abre-se para novas perspectivas. Percebe a cristalização em que se encontram tantas teorias consagradas e, embora estranhe o vazio, não consegue abafar o som da verdade.

Por Trigueirinho - Livro Glossário Esotérico

p.167-168

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sites