Amhaj

Para que possais trilhar a senda luminosa é preciso responder ao Chamado. Isso significa vencerdes provas, nas quais terão confirmado o vosso elo com a verdade e com a luz. Todos os seres, um dia, penetram essa senda e alcançam a Morada Celestial. Porém, eons se passam até que o ciclo se consume. Não vos intimideis frente ao mal. Não desafieis o inimigo. Não retardeis vosso caminhar pelo clamor do passado. A poeira dos tempos será lavada do vosso ser; novas vestes trajareis, e grande será o júbilo da libertação. Porém, nessa senda pisareis sobre rosas e espinhos, e devereis aprender o mistério do Bem. É tempo de justiça. É tempo de graças. Magnífico poder, o Irmão Maior se aproxima. Silenciai vosso coração e acolhei o grande amor. Tendes a Nossa paz.

Hierarquia

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

O Despertar do Guerreiro Sagrado V

Para que eu possa compreender o que significa o salto do guerreiro no vazio entre as duas margens, eu preciso de me adaptar a frequências, a voltagens de potência planetária.

Quando eu começo a transferir o meu sentido de identidade para, eu Humanidade, eu posso ter acesso aos feixes de tracção que ligam a minha consciência externa, à sua origem, ao seu destino. A potência contida dentro de nós não pode ser despoletada na sua totalidade enquanto eu funciono como eu/eu. Ela é posta em movimento no momento em que eu funciono como eu/Humanidade. Isto significa que a potência que está em nós é uma potência colectiva, supra individual.

A Terra vai subir de dimensão, ela vai ascender, nós estamos vivendo num planeta que é uma auto revelação contínua. A Terra vai passar da 3ª para a 4ª dimensão num prazo muitíssimo curto. Significa que os nossos netos vão fazer um esforço para se lembrar de como era a Terra antes, e se nós tivermos suficiente mau gosto, nós vamos ajudá-los a se lembrar.


  1. Esta transição da Terra para a 4ª dimensão é um programa de engenharia galáctica tal como a tua mão é um programa de engenharia galáctica. A quantidade de inteligência dos jardineiros do espaço contida na nossa mão não é inferior à quantidade de inteligência necessária para fazer com que um planeta passe das dimensões física, emocional e mental com um grau de consciência, para um planeta lúcido, desperto e activo da dimensão quarta.

Se nós acharmos que é altamente improvável a ascensão da Terra a uma plataforma de consciência cósmica, basta olharmos para a nossa mão e fazermos uma meditação profunda acerca do que significa carbono organizado com toda a elegância, respondendo a impulsos indutores a partir de um ser e o poder que eu tenho sobre esta quantidade de neurónios e de células. Se "eles" fizeram o corpo humano, "eles" podem, praticamente, fazer qualquer coisa.

A passagem do planeta para uma dimensão superior, implica feixes de tracção que estão penetrando actualmente na mente colectiva, cabos de guindagem de todo o planeta. O guerreiro é o ser que está sendo preparado para suportar nele o impacto do feixe de tracção cósmica, ele vai ser utilizado como tensor e simultaneamente amortecedor do grande puxão que este planeta pode receber em breve. Quando vocês começarem a sentir uma pressão sobre o alto do vosso ser, quando essa pressão na parte da frente do lado de cima da vossa consciência nos tornar completamente aprumados, quer eu queira quer não, esse é o feixe de tracção galáctica a actuar. É o 1º raio monádico associado ao 1º raio dos centros internos, ao 1º raio de Sol.

Vai existir uma distanciação inteligente entre aquilo a que tu antes chamavas eu e aquilo a que tu cada vez mais irás aprender a chamar EU. Tu passas a observar tudo o que compõe a tua vida tridimensional, as tuas emoções, os teus pensamentos, o teu corpo físico, não mais como uma experiência onde o eu fica retido, identificado, mas simplesmente como um veículo.

O código genético, o ADN humano, a partir do momento em que as iniciações em série começarem a acontecer no planeta Terra, vai ser reconhecido como um fato de astronauta necessário para que o teu ser possa estar na Terra. Cada vez mais nós estamos sendo formados na ciência da regularização do eu, cada vez mais nós vamos perceber que se está dando um alargamento na parte de trás do lado de cima da nossa consciência e que esse alargamento é um imenso espaço por explorar, não tem nada a ver com o subconsciente, porque isso é a parte de trás do lado de baixo, nem com o dia a dia, porque isso é a parte da frente do lado baixo, nós estamos a falar da parte de trás do lado de cima da nossa consciência, um quadrante completamente inexplorado onde só existem sementes de perfeição, de triunfo, de conseguimento, não moral, não estóico, não baseado em nenhum esforço, apenas a semeadura dos anjos nos últimos 2000 anos, nos níveis em que a nossa consciência estava cuidadosamente resguardada pelos guardiões do Paraíso.

A passagem do planeta para uma dimensão superior neste momento, é um varrimento telepático de alta frequência que naturalmente satura o éter. A mensagem libertadora dos seres que estão a fazer o processo de ascensão, já não está na dimensão três e ainda não está na dimensão quatro, estamos assim na dimensão três e meio e por isso é que nada funciona. Nós precisamos compreender que eu só vou ter acesso à verdadeira frequência de tracção planetária, no momento em que eu me conceber como um de cinco biliões de avos de mim mesmo.

Tu estás a fazer um trabalho de descobrires a tua verdadeira identidade, e neste trabalho, é preciso enfrentar o problema da expansão da consciência. Não é apenas o problema de arrumar a casa, a parte de baixo do lado de trás do inconsciente e existem mil terapias para nós nos arrumarmos todos em relação à parte de baixo do lado de trás. Ao mesmo tempo que eu estou fazendo terapia e que eu estou arrumando a casa, eu preciso de ir desenvolvendo a minha capacidade recentemente inaugurada, de reconhecer as aterragens de alta frequência que se estão a dar na parte da frente do lado de cima.

Uma coisa é a informação cósmica superior, não tem nada a ver com a lei do carma, nem com as tuas vidas passadas, nem com nenhuma forma de relacionar o que aconteceu com o que está a acontecer neste minuto, se tem a ver com alguma terapia, tem a ver com terapia das vidas futuras, tem a ver com os códigos específicos que nos estão chamando para além deste planeta, e perceber uma outra coisa que é a lei do desígnio, que é uma lei complementar à lei do carma e que é regida pelo perfeito equilíbrio dos três raios em nós - 1º, 2º e 3º raio, isto forma um triângulo equilátero.

A evolução não é só uma velocidade de escape em relação à inconsciência massiça de actuação em relação às camadas de grude psíquico de que é composto o passado, ele é essencialmente uma capacidade de tu te deixares impactar pelo chamamento do futuro e por realidades incrivelmente activas que existem para além da teia do tempo.

Quanto mais eu trabalho este perfeito equilíbrio no mundo, entre vontade, luz e amor, e à medida que esse triângulo de energias básicas se torna um equilátero, eu começo a ser influenciado pela lei do desígnio.

A lei do desígnio já está em actuação em toda a órbita planetária. À medida que tu vais aceitando carma, e trabalhando todo o processo e te vais permitindo colocar em ordem psicologicamente, tu começas a receber o impacto magnético de um corredor de consciência cósmica, que é composto por uma sucessão de identidades, aqui nós ficamos literalmente em frente às iniciações.

A dimensão três e meio - aquela em que nos encontramos - é uma dimensão em que o ser já é admitido àquilo a que antes era considerado o estado relativamente profundo de consciência. Todo o esforço que antes era colocado para fazer meditação, começa a deixar de ser necessário - o espaço lúdico no Universo diminui drasticamente, a minha possibilidade de brincar e fazer experiências, fazer vivências e ver se funciona se não funciona, está sendo inaugurado um compartimento entre o super consciente e o consciente humano.

Antes, nós éramos conscientes e tínhamos um super consciente guardado algures. O que se passa de novo neste momento, é que qualquer ser já está acima do consciente, quer queira quer não queira, se nós observarmos, a maior parte do dia é passada numa reflexão acerca de nós mesmos, isto é aquilo a que se chama um semi consciente acima, aquilo que era a consciência comum da humanidade ao longo dos anos, que tem uma constante reacção ao meio ambiente, actualmente mudou meia oitava, significa que nós estamos em reacção, à nossa reacção ao meio ambiente e isto é a dimensão três e meio.

Quando tu percebes que passaste o dia inteiro observando as tuas próprias reacções e moldando essas reacções de acordo com um ideal dentro de ti, tu viveste esse dia numa dimensão três e meio.

Se eu sou não intuitivo ou semi intuitivo, preciso de muita informação para saber o que se está a passar, quando a intuição começa a tornar-se firme em ti, tu tens acesso ao problema do outro na vibração do outro numa forma límpida, inequívoca, agora, para isso eu preciso de estar na dimensão quatro em mim - a intuição do meu ser.

Esta ascensão da Terra vem sendo preparada há milénios, e neste momento nós chegámos a um ponto hiper crítico, significa, que os feixes de tracção estão completamente disponíveis para nós e chegamos simplesmente à questão da entrega e da aspiração: são duas das chaves da formação do guerreiro, a entrega não pode ser uma entrega passiva, porque isso seria uma entrega inerte, se eu me entrego sem aspirar ao Divino, a minha entrega é uma entrega passiva, Eles procuram que estes dois aspectos estejam igualmente potencializados em nós - entrega e aspiração

A ascensão está em curso.

Nós estamos numa fase de destruição global, de destruição planetária, estamos verdadeiramente num período de decomposição universal, porque a forma cumpriu a sua função, o sistema económico mundial cumpriu a sua função, o sistema de ensino à escala mundial, cumpriu a sua função, Eles têm que vir pôr uns Agostinhos da Silva e uns Karl Rogers para ver se as pessoas percebem que as crianças têm uma impedância para a educação muito mais alta se lhes for primeiro administrada uma consciência do eu superior aos três anos de idade e aos 4, e aos 5 e aos 6. Essa consciência do eu superior, transforma-se no eixo estrutural da psique daquele ser, a partir daí a educação é automática.

Eles estiveram semeando esses seres para ver se as pessoas percebem o que é realmente o ensino no Universo e como a civilização não está aprendendo, e como Eles ainda não têm autorização para fazer "grafitis" com as nuvens, com o rosto de Cristo a 30 quilómetros de altura, ainda não têm autorização para entrar no nível do estado de choque, Eles estão dissolvendo as formas. Quando vocês vêem Apocalipse, é forma, desactivação da forma, não tem nada a ver com realidade nem com essência, nem com síntese nem com luz, é forma, a forma daquela civilização, o conjunto de probabilidades que aquela civilização permite, chegou ao fim, preencheu a sua função. Toda a energia que eu gasto para ver se aquela roupa fica bem com a outra roupa, não é o Universo. Os lírios do campo são o Universo.

É claro que a Humanidade está progredindo psicologicamente, está aprendendo com os seus próprios erros, a "criança" está levantando-se, caindo, rastejando, o que é certo é que nós temos 400 centrais nucleares montadas em zonas sísmicas. O problema é que a "criança" já não é bem uma criança do ponto de vista cósmico, porque quando tu começas a enriquecer, a bombardear urânio a ver o que é que acontece, ... é uma criança, só que é uma criança que descobriu o armamento do pai. Então, estes seres que nos acompanham têm que ter muito cuidado em não inibir o nosso crescimento, em não impedir o nosso desenvolvimento, em não seccionar a nossa aprendizagem e, simultaneamente, em nos demonstrar que nós continuamos apegados a Eles e não à essência, e não à realidade.

Chegámos a um ponto, em que não é preciso uuma oonnddaa eexxiisstteenncciiaall ppaarraa ttuu ccoommpprreennddeerreess aa ccoonnddiiççããoo hhuummaannaa, tu compreendes a condição humana minuto a minuto, porque eles estão a fazer uma espécie de estreitamento do tempo, para que a potência do tempo horizontal linear entre em colapso e nasça um tempo vertical, daí que um dia, quando tu dás por ele, já passou, está a acontecer o colapso do tempo. O tempo da dimensão três e meio não é o tempo da terceira dimensão. Quando estás a conversar durante 5 minutos e descobres que passaram quatro horas e vice versa, isto são dimensões verticais da experiência temporal a hibridarem-se com o tempo linear. O tempo linear está a entrar em colapso, no sentido em que tu acordas e o dia já passou, e há um tempo vertical que está a começar a actuar.

O salto é no momento em que o guerreiro tornou perfeitamente equilibrados amor, luz e vontade, ele transformou isto num triângulo equilátero, neste momento tu voas. Enquanto tu amares mais do que vês, enquanto tu vires mais do que amas, enquanto tu vires e amares optimamente mas não aprenderes a querer, não podes voar.

Os seres humanos em preparação para a nova Terra, vão estar a meio do salto sem darem por isso, eles vão-se aperceber um dia que já caminham suspensos, muito pouco da experiência tridimensional pode afectá-los porque eles aprenderam a amar, a ver e a querer.

Equilibrar estes três pólos em nós, utilizar um triângulo perfeitamente equilátero dentro de nós - luz, amor e capacidade de aprender a ter vontade - é a técnica de aproximação à beira do abismo. É na proporção em que esta geometria sagrada se cria dentro de nós, em que estes três raios estão sempre em descoberta - eu preciso sempre de uma dose de inteligência espiritual, de amor e de vontade. Às vezes as doses crescem para um lado, eu tenho mais vontade e menos amor, eu vou-me transformar num ditadorzinho, outras vezes eu tenho mais amor e menos vontade, outras vezes eu tenho imensa luz mas não tenho amor nenhum, ou vontade nenhuma.

Uma boa parte da nossa existência é condicionada pela lei do carma, o que está sendo pedido, é que um indivíduo ao mesmo tempo que desenvolve uma consciência da lei do carma e mantém o respeito pelas antigas leis planetárias, comece a ligar-se às novas leis, sendo que uma delas é a lei do desígnio, uma lei que te liga à tua meta cósmica. A forma que esta lei tem sobre o teu carma é imensa. As pessoas chamam a isto a chama violeta de Saint German.

Eu preciso compreender que eu não fui criado para ficar no binário do carma positivo e do carma negativo. Eu fui plantado na Terra para dar fruto, mas os jardineiros vêm e levam-me para outro planeta para dar mais fruto, noutro nível, e assim sucessivamente.

Naturalmente vai haver uma desactivação da forma e antes que essa desactivação aconteça em toda a civilização, ela vai acontecer em ti. Quer dizer que a tua forma vai ficando para trás e tu vais revelando a tua essência. Tu ficas perante o mistério das identidades sucessivas, das iniciações. Iniciação, é não confirmar a imagem que tu ou os outros têm de ti, é enfrentar uma imagem à nossa frente, fantástica que te diz: “não vais passar porque eu quero persistir. “Iniciação, é não confirmar essa imagem, é ter um amor à verdade, à auto separação, à capacidade de tu seres mais. Isto implica a total autoridade do guerreiro perante ele próprio.

O efeito de medusa é transmutado pelo amor à sabedoria, a medusa é fascinante mas não é sábia.

A ideia que vai realmente transformar o planeta começa por ser captada por um louco. É um circuito assim: louco, artista, investigador, burocrata. Primeiro vem o louco, diz a coisa e não está nada preocupado se aquilo vai funcionar ou não ou com aquilo que os outros vão achar dele, porque se assim não for ele já não é louco, ele é louco justamente porque não está nada preocupado com o que as pessoas pensam e diz, diz a coisa. A seguir vem o artista uns séculos mais tarde, pega naquela ideia e faz uma reflexão artística e não tem nenhuma preocupação se aquilo é aceite ou não pela sociedade. Pela força com que uma ideia experimentada de valor artístico os sábios e investigadores começam a tentar perceber se ela é de validade, então, aquilo entra no método científico, ou no método analítico ou filosófico e quando os sábios, os cientistas, os investigadores dizem: “afinal o louco tinha razão”, entram os burocratas, compram a ideia, fazem uma instituição.

Esta sequência é estudada em Epistemologia (como as ideia rompem as antigas ideias e como é que há guinadas nos métodos e nas formas de conhecimento que não estavam a ser esperadas antes - estuda as roturas no conhecimento ou a forma como o conhecimento evolui). Agora nós vamos ter uma espécie de explosão epistemológica planetária, nós vamos ter o planeta todo em rotura.

Um jornal é um relatório de efeitos não de causas. Se eu começo a abrir a minha consciência cada vez mais para o plano das causas, eu começo a perceber que o quotidiano, o que vem aí, já é velho. São nados mortos, têm é um grande poder de condicionar as pessoas.

Se nós lemos no jornal coisas horríveis, temos que aprender que na Argentina há seres que estão a ser evacuados maciçamente em naves extraterrestres, hoje. O que está a ser comunicado nos jornais é o tipo de informação que interessa, mas não esgota a realidade planetária. Estão a acontecer coisas magníficas neste planeta, outras. Vocês estão a ser preparados para ser mestres, para ser pastores e não ovelhas, se caem na escala da ovelha que é o impacto do quotidiano sobre a nossa consciência é absolutamente legítima a depressão existencial que possa emergir daí, só que essa não é a formação do guerreiro.

O processo de revelação é um processo de geração de um campo psicológico autónomo. Tu não vais tentar remendar a nossa civilização que não tem remédio, tu puxas de um lado e ficas com o pé de fora do outro, tu coses ali e já se descoseu dacolá. Isto não tem como ser consertado.

A nova ordem mundial, com todo o projecto altamente fascista, não em termos políticos mas em termos ocultistas, que está a emanar de certos pontos do planeta e que tem como objectivo dominar a humanidade inteira passa-se na parte de baixo do lado de trás da humanidade e muitos seres decidiram ir viver para a lá, problema deles. Em que é que isso difere? Tu és um ser ligado à formação de uma nova Terra.

É muito simples, ou tu estás com o Cristo ou tu tens medo. Ou tu estás com a hierarquia ou tu andas aí a ficar aterrorizado, eu nem sequer sei quais são as formas que a nova ordem mundial pretende tomar. Mas o que aqui se pretende é uma confirmação de que há uma operação semi oculta de domínio, há.

Há um projecto perfeitamente definido de domínio da humanidade, isto é uma coisa normal quando um planeta vai ser purificado. O que se está a passar é que essa nova ordem mundial tem que vir ao de cima neste processo de psicanálise planetário. Esse processo já está entregue à luz. Se tem um anti Cristo e um Cristo para se enfrentarem, o que é que nós temos a ver com isso? Isso é um problema deles, tu estás do lado do Cristo, ponto final.

Se começas a ver o cenário internacional a ficar realmente grave, tu tens dois caminhos, ou entras em pânico e passas a absorver energia ou percebes que se está a aproximar a libertação da Humanidade e passas a irradiar energia.

CONTINUA....

Por André Louro de Almeida              09/12/1998

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sites