Amhaj

Para que possais trilhar a senda luminosa é preciso responder ao Chamado. Isso significa vencerdes provas, nas quais terão confirmado o vosso elo com a verdade e com a luz. Todos os seres, um dia, penetram essa senda e alcançam a Morada Celestial. Porém, eons se passam até que o ciclo se consume. Não vos intimideis frente ao mal. Não desafieis o inimigo. Não retardeis vosso caminhar pelo clamor do passado. A poeira dos tempos será lavada do vosso ser; novas vestes trajareis, e grande será o júbilo da libertação. Porém, nessa senda pisareis sobre rosas e espinhos, e devereis aprender o mistério do Bem. É tempo de justiça. É tempo de graças. Magnífico poder, o Irmão Maior se aproxima. Silenciai vosso coração e acolhei o grande amor. Tendes a Nossa paz.

Hierarquia

sábado, 24 de setembro de 2011

Série Reflexões III


LADO A:


· SABEDORIA

· AMOR

· IRRADIAÇÃO

· ENERGIA SUPERIOR

· DINAMIZAR O HUMANO

· ELEMENTOS SOLARES NO HOMEM

· IDENTIFICAÇÃO CORRETA



Irmãos, que a Luz do Pai e a proteção dos Conselhos estejam com todos. Há um ponto que precisa de ser esclarecido. Não somos nós nos Conselhos, não somos nós Comandos em Naves, não somos nós Intraterrestres, não somos nós Terrestres que vivemos mundos internos quem possui a Sabedoria. E não são vocês quem possui a Sabedoria. É a Sabedoria que nos possui à todos. Não sois vós quem possui o Amor, é o Amor que vem e vos possui. Ele entra em tudo que ele reconhece que está aberto e expande-se na horizontal. Quando estais Amando estais sendo um Canal, apenas isso. O Amor vem para aquilo que é seu, e ele vem e toma aquilo o que é seu. E tudo é seu. Mas não somos nós, os seres criados, quem possui o Amor. Não somos nós que possuímos o Conhecimento. Não somos nós que possuímos a Sabedoria.

É o Amor, o Conhecimento e a Sabedoria que nos possuem a todos. Um filho biológico e a sua Essência não é dado a uma mãe biológica. Esse filho é apenas um empréstimo. É um empréstimo que dura até determinado momento.

Depois a mãe saberá que deverá soltar esse filho para ele se encontrar a si mesmo nas experiências da vida, como vós dizeis. E a mãe solta o filho movida pela mesma Energia de Generosidade com que o acolheu. De fato, esses dois passos, o passo de acolher um filho, de criar e depois o passo de soltar – ambos os passos fazem parte de uma mesma lógica interna. Fazem parte da Ordem interna inerente à maternidade. E a maternidade, a verdadeira maternidade é aquela que corresponde ao desígnio cósmico, só está completa com estes dois movimentos – o acolhimento do ser e depois a capacidade de soltar para que ele possa amadurecer na vida.

Então assim como um filho é apenas um empréstimo para uma mãe, é um Ser que a mãe canaliza para o mundo, também a Sabedoria e o Amor que estão em vós, são Energias que vos são emprestadas. Não é algo que passa por aí, não é algo que esta aí para vocês reterem. Para vocês acumularem. Está aí para que vocês soltem isso pelo mundo.

Irradiação – vocês sabem do que estamos a falar. Quando falamos em irradiação estamos a definir o elemento chave da dinâmica do Amor-Sabedoria. Receber e emitir instantaneamente é a própria lógica interna do Amor–Sabedoria. Se vocês reterem essas Energias estarão contrariando a lógica interna dessas Energias – estarão quebrando a Lei. Isso está ai para ser solto para ser semeado. Está ai porque é fecundo; porque vem carregado do espírito que é necessário para esta época, dentro da vossa ilusão espaço-tempo. Está aí porque a própria Graça – Alento do Pai determina que deva estar ai. É um empréstimo no sentido de que a origem do Amor vem das zonas impessoais do vosso Ser, que por um vez tem sua origem e raiz no Único. Não se esqueçais nunca de que quando o Ser se aproxima do Templo Interno ele está realmente lidando com Energias que são extremamente inteligentes – são inteligentes, são inteligentes por si mesmas. São inteligentes porque são Energias Superiores, porque são Energias que criam, porque são Energias que estão em contato com o Plano. Elas mesmas são as tensões ativas, dinâmicas do Plano.

Energias Superiores são núcleos de consciência cosmo-ativa de alto precisão, é Energia Divina. Isso significa que as Energias. que vocês encontram quando se aproximam do Templo Interno são Energias que vêem claramente para onde e quando devem vir. Elas agem na medida certa. Elas vêem onde tem de agir. Elas agem dentro de uma intensidade auto regulada. E depois retiram-se quando em função do Plano chegou o momento de se retirarem.

Vós sois simplesmente Canais. Mas há uma beleza insondável nessa Atitude – Atitude-Canal – Atitude de se ser um Canal. Na medida em que se deixam trabalhar por essas Energias irão observando uma transmutação radical nos vossos veículos e nas vossas consciências – no sentido de se transformarem também em Energia Superior.

Vocês mesmos estão a ser convidados a se transformarem em Energia Superior. Quando trabalham com Energia Superior vocês tornam-se Energia Superior. Se há algo que possa corresponder ao vosso mito do toque de ouro, são estas Energias Superiores. Elas transportam o toque de ouro. Quando elas atravessam os campos de consciência humana elas se multiplicam no contato com esses campos de consciência. Elas intensificam-se na medida da necessidade do plano. Elas intensificam-se e elevam a vibração de tudo aquilo em que tocam, transformando a vossa consciência, ela mesma, em Energia Superior coligada ao Plano. Quando vocês se aproximam de Energia Superior vocês unem-se à Corrente. Vocês unem-se à Corrente Infinita – Infinitamente Criativa. Não existe limites para o número nem para a qualidade, nem para a quantidade de combinações criativas que o Ser realiza quando as realiza dentro do Amor–Sabedoria.

O Amor–Sabedoria é um campo de expressão imenso. É intangível para uma consciência humana, e. tudo é permitido desde que seja dentro da vibração do Amor–Sabedoria. Agora, que vibração é está?? Que espécie de Ordem, de Rigor, que espécie de Bondade, que espécie de Generosidade, que espécie de Serviço. Estão ligados o Amor-Sabedoria. Quanto melhor for a qualidade com que vocês se experimentam a vós mesmos como Energia, quanto mais pura for a qualidade com que vocês se experimentam a vós mesmos como Energia, melhor estarão integrados à Corrente Cósmica Superior. Realizem que são Energias. Realizem que são Energias e liguem-se – conectem. Vocês podem conectar. Ainda assim, deveis lembrar-vos – não sois vós que possuis a Sabedoria – é a Sabedoria que vos possui a vós. Não se trata de Humanizar a Sabedoria e o Amor Divino. Trata-se de Divinizar aquilo que outrora foi humano. Não foi o homem que se tornou sábio prá passar a ser homem sábio. Foi a Sabedoria que se fez homem para que esse conhecimento possa curar o mundo. A Origem – a mão que dá – está em cima e a realidade é com ela. Experimentarem-se a vós mesmos como Energia é simplesmente polarizarem-se no polo em vós que é. Portanto, não é uma experiência – é uma Realização.

Experimentarem-se a vós mesmos como Energia, é estarem polarizados no polo em vós que não tem princípio nem fim. À medida em que vocês se concentram nisso, vocês conhecem o que sempre foram. Integrarem-se à Energia Superior é um processo no qual vocês deixam de usar aquilo que não mais diz respeito à consciência cósmica que sois. Vocês deixam de se identificar com aquilo que não vos pertence. Vocês passam a manter uma relação apartiva com os veículos tridimensionais – mantém uma relação fria, técnica, automática, cuidadosa – com os veículos tridimensionais.

Integrarem-se à Energia Superior é distinguir com clareza quando um veículo tridimensional está a oscilar indevidamente. É distinguir quando é que isso acontece e quando são os estímulos que vem de fora, quais são os estímulos que vem de fora, e é sobretudo, irmãos, é sobretudo não reagir ao ataque. É produzir abertura ao Mais Alto no momento do ataque, prá que a Sabedoria que circula em vós, prá que a Energia Superior que circula em vós extinga esse ataque. Como sabeis, o guerreiro não sois vós enquanto consciências tridimensionais, o guerreiro não sois vós enquanto esse pólo de consciência que é emanado do Eu Superior para habitar nos veículos. Esse não é o guerreiro. O guerreiro vem de dentro – vem de cima. E tanto maior será sua eficácia quanto mais de dentro, quanto mais do alto for a sua Origem.

Assim, nesse sentido, ficai em paz. Extraia a paz na medida da Autoconfiança Superior. Confiai na vossa Essência. Autoconfiança Superior não é autoconfiança no ego. O ego é um mero reflexo da consciência tridimensional nos veículos. É um reflexo – não tem Essência, não tem existência por si.

Autoconfiança Superior é realização de que sois filhos do Pai – de que tendes elementos solares incorruptíveis na vossa constituição interna – incorruptíveis. São estes elementos solares que são ativados pela Energia Superior e defletem com eficácia divina – defletem tudo que é inferior, denso. Vocês vêm isto? Identificai-vos com vosso território interno. Com o Reino, o Reino é a vossa casa – a única casa. O guerreiro que sois vêm de cima.

Todos vós estais já numa fase de entrega ao Ser Interno. O Ser Interno não hesita – ele sabe. Ele detém as chaves para Fogos Cósmicos que estão hoje disponíveis para vossa elevação. Vocês compreendem que é o Ser Interno que fará vossa a defesa. Vocês compreendem isto? Enquanto insistirem em assinar com vosso nome terrestre, com vosso lado humano, enquanto insistirem em assinar com vosso nome terrestre, as páginas da vossa vida, elas são sempre páginas sombrias. Sobretudo agora que vocês já entenderam; sobretudo agora que vocês estão a ver o Caminho – vocês estão a viver o Caminho. Sobretudo agora que a fase Ego-centrada está condenada neste planeta. Agora que uma atuação baseada no ego está condenada – acabou.

Quando vocês passam o salvo-conduto, quando vocês passam o testemunho ao Ser Interno e permitem que ele dirija – aí as coisas fluem – elas fluem. Vocês vêm claramente que um Ser integrado, que um Ser que é uma extensão do Universo – que um Ser que é um prolongamento Cósmico, Natural, Contínuo, dentro da Divindade que sustenta a Criação; vocês vêm que um ser que é Ser – que um Ser que não é afinal, um intruso neste Universo, que um Ser que está em comunhão com seu meio Espiritual é um Ser que vive na Suavidade.

Os seus dias são suaves, a sua mente não alimenta dúvidas. É um Ser que não conhece o medo, ele não conhece a insegurança, a retenção. Porque é um Ser que vê prá onde deve vir, com que velocidade deve ir e sobretudo é um Ser que sabe a quem serve. É porque ele sabe a quem serve, porque ele já contemplou numa certa medida, Aquele. Aquele a quem serve, é um Ser em Paz. Ver isso é possível, meus irmãos. Nós damos testemunho disto, meus irmãos. Ver o caminho com clareza é possível. Viver ciclos e ciclos dentro dessa visão é possível.

Todas estas chaves estão já na vossa mão – elas estão aí. Vocês podem usá-las ou não, mas elas estão aí. Não é tanto uma situação que nos leva a pedir-vos para que vocês sejam Doces – para que vocês descubram o Amor, para que vocês sejam Amorosos. Não é por um processo de imitação do Amor Real, daquele Amor que vem de dentro, não é por um processo de imitação do Amor Real que vocês poderão instalar, que vocês poderão realizar esse Amor Real, em vós mesmos. Isso seria insistir na tecla da boa vontade, e essa fase já foi ultrapassada pelo ritmo de expansão planetária. Quantos seres humanos que se pretendem – pretendem que vivem a vida do espírito – não fazem mais que imitar com os mecanismos do ego as Leis Espirituais. Não é isso que nós estamos a pedir. Imitar o Amor é fácil, como sabeis. Basta parecer amoroso. Basta fazer alguns sorrisos, dar ofertas tridimensionais aos outros, falar constantemente nas virtudes do Amor. Ao fim de uns tempos, toda a gente que vive dentro de uma ilusão tridimensional afirmará que vocês são amorosos. Mas esse não é o Amor Real. Essa é uma imitação produzida pelo ego. Tudo que se pode fazer é demonstrar boa vontade. Mas essa é uma fase ultrapassada. Esse ego estará tentando entrar no Reino sem abdicar do essencial, sem abdicar de si mesmo.

O Amor Real acontece em vós. Ele acontece. O Amor Real é imprevisível. Ele vêm do mais profundo. O Amor Real é intemporal. Não depende de nada, nem de ninguém. É vosso na medida em que fordes dele. Ele vem em esfera, glorioso. Ele penetra nos reinos humanos e transforma tudo. O Amor Real, cósmico nem se quer precisa de se exteriorizar tridimensionalmente para atingir o máximo da sua potência ígnea. Ele trabalha nos planos internos. Ele não trabalha prá ser visto e não procura reconhecimento. Ele surge sempre onde não se espera. Pode acontecer que um ser que vos pareça relativamente indiferente às misérias do mundo e que nem sequer fale especialmente das coisas do Amor Espiritual seja dentre vós aquele que em melhor grau está a emitir esse Amor.

Pode ser aquele que entre vós está em melhor grau irradiando o Amor Real. Vocês vêm isto? Não é tanto o caso de vos pedirmos para serdes amorosos ou doces. Isso já não é válido para nós. Não é válido para nós pedir-vos isso. Nós não estamos mais numa fase de doutrinação. Isso caberia aí sutilmente por realimentar o ego. O que estamos aqui a dizer é simples. Abram o caminho ao Amor que está aí dentro de vós para ser usado. Abram-se ao ser profundo que é Amor. Assim abram-se aquilo que são. E sede simples nessa abertura. Abertura é algo discreto, íntimo. É algo natural. Abertura é uma coisa própria. É natural essa abertura agora, num ser lúcido, espiritualizado neste fim de ciclo, é próprio. É natural para ele dar esse passo.

Quando nós vós dizemos que vos amamos, em essência estamos a comunicar-vos que existe em nós a abertura total para o grande Amor que envolve tudo que é. Vocês sabem isso, vocês hoje sabem que podem contar conosco a todo momento. O Amor é a expressão natural do Único. Só há um Amor – o Divino. Tudo o mais são Energias na direção do Amor mas que ainda não são o Amor. A família, a sociedade, o mundo, tudo isso pode e deve ter Amor. Mas esse Amor é um pálido reflexo do Amor Real.

Estabilizado Por André Louro de Almeida    14/10/1991

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sites