Amhaj

Para que possais trilhar a senda luminosa é preciso responder ao Chamado. Isso significa vencerdes provas, nas quais terão confirmado o vosso elo com a verdade e com a luz. Todos os seres, um dia, penetram essa senda e alcançam a Morada Celestial. Porém, eons se passam até que o ciclo se consume. Não vos intimideis frente ao mal. Não desafieis o inimigo. Não retardeis vosso caminhar pelo clamor do passado. A poeira dos tempos será lavada do vosso ser; novas vestes trajareis, e grande será o júbilo da libertação. Porém, nessa senda pisareis sobre rosas e espinhos, e devereis aprender o mistério do Bem. É tempo de justiça. É tempo de graças. Magnífico poder, o Irmão Maior se aproxima. Silenciai vosso coração e acolhei o grande amor. Tendes a Nossa paz.

Hierarquia

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O estado da humanidade


Imagine-se alguém que caminha por uma trilha sabendo que não o levará ao destino que o aguarda, mas não conseguindo deixar de seguir por ela. Procura um meio de entrar no rumo certo, mas acaba permanecendo nessa trilha. De repente, um forte vento o arrasta para onde devia estar. Mesmo que, ao ser assim levado, ele se machuque e se arranhe, após viver essa mudança, expressará sincera gratidão ao vento que o colocou no lugar correto.

Esse quadro representa o estado atual da humanidade resgatável, e também o processo de manifestação da nova Terra. A grande maioria dos homens salváveis sabe que está vivendo algo que se contrapõe à lei cósmica; tem plena consciência da degeneração dos padrões da atual sociedade, mas prossegue imersa nesse esquema decadente.

Todavia, algo poderá ocorrer e mudar essa situação, como, por exemplo, uma reação potente da Natureza que destrua grande parte da estrutura externa desta civilização. Ao fim dessa reação da Natureza, reinará um grande silêncio, restará um vazio. Na verdade, ninguém saberá de nada sobre o minuto seguinte, nem encontrará dentro de si apoio para os padrões viciados que seguira até aquele momento. E então se verá que somente o vazio pode ser preenchido.

Para que o novo se instale, é preciso romper as estruturas cristalizadas que aprisionam o fluxo da energia. Em meio à ausência de hábitos, de esquemas mentais e materiais, a luz da verdade emerge. Revela os passos a serem dados a cada ser que puder unificar-se Àquilo que, mesmo sendo-lhe desconhecido, lhe traz renovação. Portanto, abençoada é a destruição que, como base do inusitado, prenuncia a vida que ressurgirá, pura, na face da Terra. Quando os momentos de caos global se apresentarem, quando as forças de transformação e renovação agirem profundamente na vida planetária, alguns seres colaborarão para erigir a nova Terra, e entre eles estarão os poucos membros da humanidade de superfície preparados para isso.

Ao abrirmo-nos ao contato com esses momentos de renovação da vida na Terra, podemos perceber neles um grande impulso à ampliação da consciência dos seres despertos, que então poderão compreender o que se passa e aderir ao movimento transformador em ato. Aqueles que resistirem não mais conseguirão fazer valer suas posições, ou sejam na aura do planeta não mais haverá o que se oponha ao novo impulso. Haverá, sim, dos nos níveis mais densos, mas também, e principalmente, uma paz profunda e a alegria silenciosa da libertação, infinita conquista do espírito na consciência manifestada na Terra.

Diante dessas mudanças que se anunciam, pode-se perguntar se os indivíduos não entrarão em crise, como hoje é normal nesta humanidade. Pode-se dizer que crises são experenciadas em meio à ilusão, e que, a partir dessa renovação, a energia de clareza que o ser vai receber o elevará ao encontro da verdade, com ou sem as reações dos seus corpos terrestres.

Haveis de trazer sempre alegria no coração. Ela ativa os mecanismos de propulsão da consciência em sua jornada rumo ao Infinito.

                                                                    ***

É comum almejar a paz em momentos de dor e conflito, mas para que ela se instale na consciência humana é preciso que seja continuamente buscada. A paz é um estado interior no qual o indivíduo se coloca em perfeita sintonia com a realidade espiritual. Não é passível de ser perturbada pelas inconstâncias dos corpos materiais. Quando ela se faz presente, o ser é capaz de exprimir equanimidade tanto nas situações calmas quanto nas tempestuosas.

Sinalizar aos homens a existência de estados sublimes tem o propósito de colocá-los em alinhamento com o potencial oculto em seu próprio interior. Como fruto da perfeição, a paz pode parecer afastada das atuais possibilidades de vida na superfície da Terra, mas essa aparente distância reduz-se quando a consciência se lança com decisão ao encontro desse estado.

Muitas vezes a realização de um estado elevado de consciência é tolhida por não ser aceita pelos corpos materiais do indivíduo. Por isso, o amor aos mundos distantes deve superar os pequenos problemas da vida diária, decorrentes em geral do egoísmo.

Todavia, há situações em que não é adequado falar dos mundos sutis. Principalmente quando existe a tendência a imaginações sobre o futuro. Nesse caso, ao mencioná-los, em lugar de se promover uma aproximação do ser à verdade, o que se consegue é conduzi-lo por vias ilusórias. Assim, quando se precisa aprender a reconhecer claramente a verdade expressa nos níveis materiais, quando se precisa enfocar objetivamente o momento presente, constitui uma dispersão tratar de assuntos abstratos.

O amanhã esteve desde sempre escrito no livro da eternidade, mas a forma como ele se apresenta é criada no momento em que se manifesta. Considerando-se o relacionamento evolutivo da consciência com o universo, as projeções da mente no amanhã são uma ilusão.

Um estágio preliminar ao da abstração consiste no desenvolvimento da capacidade de se interagir com a vida externa com sabedoria. Quando se adquire certo grau de destreza na lida humana, desperta-se para o rumorejar das nascentes internas de onde vertem energias puras.

A evolução material do homem visa permitir que ele adquira virtudes que ergam sua consciência a níveis imateriais. Enquanto a vida externa se desenrola, pacientemente o espírito vai tecendo os padrões dessas virtudes na consciência do ser. A alma é o portal para essas excelsas energias se expressem na vida exterior, o corpo de luz é o núcleo de desenvolvimento delas, e o espírito, a sua fonte irradiadora.

Elevar uma consciência acima do mundo material é um trabalho infrutífero se ela mesma não se impregnou da energia de fontes cósmicas. Se ela ainda não ouviu o cântico das esferas sublimes, não poderá receber as chaves para transcender a forma. Raros são os seres que conseguem conduzir a própria existência por caminhos seguros; portanto, a vaidade emanada da mente deve dar lugar à humildade.

Muito necessária é a paciência para com a evolução do ser. Um fruto antecipadamente retirado da árvore em tem processo de maturação dificultado.Cada consciência tem seu exato momento de se desvincular totalmente da vida terrestre. Só então estará apta a doar-se plenamente.

Tudo o que podeis fazer para que o amanhã seja como uma alvorada radiante na Terra é alimentar em vós as luzes do despertar, as luzes das virtudes sublimes.

                                                                   ***

Quando um indivíduo deixa de trabalhar para si, milagres começam a ocorrer. Hoje vários seres já vivem para o puro cumprimento da lei, e assim avançam. Visto das estrelas distantes, tal processo equivale à luz potente de um sol erguendo-se do centro da Terra e resplandecendo nos níveis externos.

suprema é a beleza de uma obra construída por mãos que trabalham em harmonia; mãos que, unidas, deixam a individualidade e dão forma à vontade suprema. Tão incomuns são obras assim. Sintonizadas com a lei da Hierarquia, que para a cura da Terra se poderia esperar que as que existem se prolongassem indefinidamente. Porém, nem todas permanecerão até o final desta etapa, Em muitos seres a tração da vida imaterial está superando as ligações criadas com o mundo concreto. Por isso, as portas dos universos celestiais estão mais próximas da humanidade.

Quando a aurora lança seus raios, o despertar de um novo tempo não pode mais ser adiado. É preciso ter presente que os fatos que se sucedem na superfície da Terra, sejam quais forem, não traçam o rumo que lhe está reservado. Todavia, a ação de seres que nos níveis externos compõem esse universo planetário determina o grau em que se dá a manifestação divina nesses níveis.

O advento do novo homem é um fato inexorável, pois, estando designado pela regência solar e planetária, obteve resposta positiva da essência condutora desta humanidade.Suas vestes estão sendo cuidadosamente tecidas nos níveis internos do planeta, e alguns seres resgatáveis já começam a aprender a utilizá-las. Mas nem sempre a mente analítica pode compreender o fogo puro que trabalha o coração desses autênticos pioneiros.

Extraído do livro O nascimento de uma humanidade futura de Trigueiirnho

p.97-101

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sites