Amhaj

Para que possais trilhar a senda luminosa é preciso responder ao Chamado. Isso significa vencerdes provas, nas quais terão confirmado o vosso elo com a verdade e com a luz. Todos os seres, um dia, penetram essa senda e alcançam a Morada Celestial. Porém, eons se passam até que o ciclo se consume. Não vos intimideis frente ao mal. Não desafieis o inimigo. Não retardeis vosso caminhar pelo clamor do passado. A poeira dos tempos será lavada do vosso ser; novas vestes trajareis, e grande será o júbilo da libertação. Porém, nessa senda pisareis sobre rosas e espinhos, e devereis aprender o mistério do Bem. É tempo de justiça. É tempo de graças. Magnífico poder, o Irmão Maior se aproxima. Silenciai vosso coração e acolhei o grande amor. Tendes a Nossa paz.

Hierarquia

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Rituais de Festas

As celebrações que acontecem no mundo todo, como por exemplo páscoa, mostram claramente como perpetuamos os ritos e sacrifícios aos quais a raça humana, o ser humano, era submetido desde tempos pretéritos. A única coisa que mudou é que agora o ser usado no sacrifício não é mais o humano, senão qualquer outra espécie animal. O ato de matar ou sacrificar foi como que ofertado, ensinado, pelos seres denominados deuses para que o humano pudesse sentir-se um pouco menos insignificante, mas ainda oferece o sangue de suas vitimas para os seus senhores. E faz isto tentando passar uma idéia de paz e felicidade enquanto usa vidas para saciar sua mediocridade insana que o impede de ver o fato por trás dos atos.

Estou falando das festas, dos assados, dos banquetes para celebrar a vida, com a vida de outros seres...Parece estranho que seres ditos espiritualizados não se dêem por conta de situações tão simples como esta. Parece estranho que pessoas ditas inteligentes ainda não se apercebam do sofrimento causado a espécies diferentes da nossa, mas que sentem e reagem a emoções e dores. É ainda mais estranho que até pessoas racionais não entendam a química existente nos processos hormonais dos seres que consomem e que impregnam seus corpos antes do abate, seja pelo sofrimento ou pelo medo. Parece que continuam querendo, na verdade, o aviltamento da espécie humana, que deveria já ser espécie espiritual, ao impregnar-se com as vibrações de seres “inferiores” no sentido evolutivo. Se formos pensar um pouco, poderíamos ver que o consumo de seres de outras espécies coloca na vibração, na corrente sanguínea, as características de seres que não são próprias do humano. E ainda defendem a tese absurda de que proteína se repõe com proteína. Quando ouço isto, penso que a humanidade está voltando aos tempos da magia por contagio, aquela magia primitiva que acreditavam em tempos remotos os seres hominídeos com pouca capacidade cerebral, e que de fato tem algo de verdade, mas que é tão primitiva que deveria ter sido esquecida. São coisas que não acrescentam em nada a tão buscada evolução.

Há ainda aqueles que argumentam que os vegetais também são seres vivos. De fato são. Mas existem dois pontos fundamentais nesta questão. O primeiro e mais importante nesta altura, é que não existe o sangue nos vegetais (pelo menos nos que não foram modificados geneticamente até o momento) e o segundo é que o reino vegetal cumpre uma função também evolutiva para ele ao se doar como alimento ao reino humano. 

O fato é que o reino humano deveria proteger e auxiliar o reino animal em seu processo evolutivo, auxiliando para que seres com maior capacidade de entendimento, como cães, gatos e outros animais maiores e semi-conscientes possam aumentar sua parcela de auto-consciência. Neste contexto é que a ingestão de carne impregna o ser que a ingere, e o torna embrutecido, de certa forma, semelhante ao ser que ele ingeriu, no sentido de “rebaixar” seus atributos humanos. Óbvio que existem aquelas pessoas que, por características físicas, ainda necessitam da ingestão de proteínas animais. E ainda vai longe esta necessidade em um número expressivo de seres humanos neste planeta. Mas colocar esta idéia aqui, para seres, pessoas, que se voltam para a espiritualidade, é disponibilizar de informação para que se tornem conscientes e que saibam que podem optar, como em tudo na vida. É dar uma idéia da possibilidade que temos desta nova consciência, deste novo padrão de vida que estamos ajudando a manifestar apartir de nosso exemplo e modo de vida. 

Sobre isto, vale lembrar que já temos falado muito, que o ideal humano passará deste nível humano conhecido para o que temos indicado como a nova humanidade nesta nova humanidade conceitos como roubo, tirar vantagem, e até mesmo leis, entre outros não serão necessários.
Sobre estas coisas de dieta já comentamos bastante em outros tópicos.

Mas vale uma lembrança: como queremos que uma nova humanidade se manifeste se ainda preservamos, em nossas vidas, em nossos atos e pensamentos os mesmos princípios que regiam aquela que chamamos de velha humanidade?

Fonte:http://conversandosobremointian.blogspot.com/2011/12/varias-coisas-rituais-paraisos-repteis.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sites